Pessoas que fazem exercício aeróbico têm melhores resultados na cama

Para além de melhorar a circulação sanguínea, o exercício aeróbico também aumenta significativamente a resistência – para um melhor controle da respiração e do pulso.

Indispensável para uma vida saudável, a atividade física também contribui para a qualidade das suas relações sexuais. A importância do exercício aeróbico é nova. Um estudo recentemente publicado no Journal of Sexual Medicine sugere que níveis mais elevados deste tipo de atividade podem melhorar ainda mais o desempenho, a resistência e o desejo sexual.

O exercício aeróbico é particularmente eficaz para melhorar o sistema cardiovascular, que estimula o fluxo sanguíneo em todo o corpo, incluindo a área genital. Quanto mais saudável for a circulação sanguínea, maior é a excitação.

Especialmente para as mulheres, este benefício é essencial: quanto maior for o fornecimento de sangue ao clítoris, mais intensa será a sensação de prazer e desejo. Há também um aumento da hidratação vaginal, que está associada à vascularização”, diz a ginecologista e sexóloga Cristina Helena Luz Grecco. Por esta razão, muitos especialistas recomendam que as mulheres na menopausa façam exercícios aeróbicos para prevenir o ressecamento vaginal.

Para eles, a principal vantagem do aumento do fluxo sanguíneo é a garantia de uma ereção, que também depende de uma boa vascularização. Isto porque os homens que não praticam atividades físicas regularmente e têm insuficiência cardíaca desenvolvem também disfunção erétil.

Para alcançar os resultados, os participantes caminharam uma milha (aproximadamente um quilômetro e 600 metros) em sete minutos, durante quatro horas por semana. Devido à sua atividade, estas mulheres tinham 30% menos probabilidades de desenvolver disfunções sexuais. Homens que viajaram a mesma distância durante o mesmo período de tempo tinham 23% menos probabilidade de desenvolver disfunção erétil. Deve-se notar que este é um grupo com um alto nível de violência física.

No entanto, isto não significa que o exercício menos intenso não tenha um impacto significativo na melhoria da vida sexual – explica o ginecologista. Além de melhorar a circulação sanguínea, os exercícios aeróbicos aumentam significativamente a resistência – permitindo um melhor controlo da respiração e da frequência cardíaca durante a relação sexual, bem como uma maior duração da acção, garante a tutora física Samantha Antunes dos Reis.

Além disso, libertamos as mesmas hormonas que são segregadas durante o exercício, tais como endorfinas e dopamina, que causam uma sensação de prazer e felicidade no nosso corpo. Este efeito está diretamente relacionado com a melhoria da auto-estima, que é outro factor importante para o crescimento da libido.

A recomendação da Organização Mundial da Saúde é fazer pelo menos 150 minutos de atividade física por semana, reforça o ginecologista. Como todos os grandes exercícios aeróbicos, Samantha diz que anda, corre, anda de bicicleta e dança, que são os seus exercícios preferidos:

-O exercício com música, e especialmente a dança, de todos os tipos, torna uma pessoa mais consciente do seu corpo. Também pode levar a um melhor desempenho sexual, conclui ela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *